quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Pernambuco deve desistir da Copa das Confederações

Ao que tudo indica, Pernambuco não deve ser uma das sede das Copa das Confederações, marcada para acontecer em 2013, e que serviria como um “test-drive” para a Copa do Mundo, que acontece no ano seguinte. O Governo do Estado comemorou o fato de a Fifa ter incluído Pernambuco como uma sede, mesmo sendo de forma condicional.
Se as obras estiverem bem avançadas em junho deste ano, quando haveria uma das já tradicionais averiguações dos agentes da entidade, o “Ok” seria garantido. No entanto, diante das diversas mudanças de prazo informadas pela FIFA, o Governo já pensa duas vezes: será que vale a pena mudar tudo para sediar um jogo entre seleções sem tanta tradição no futebol?
Inicialmente, o Estado e o Consórcio Odebrecht planejavam deixar a Arena em pleno funcionamento em julho de 2013, até porque já houve um acordo com o Náutico. Com a possibilidade de fazer parte da Copa das Confederações, o prazo foi reduzido para abril de 2013. No entanto, num novo encontro com representantes da Fifa, o Governo tomou conhecimento que, para se incluir na competição, o estádio teria que ficar pronto em fevereiro de 2013.
Ou seja, é uma antecipação em cima de outra antecipação. Para complicar mais ainda, a Fifa exige que a plantação do gramado não seja com placas - que seria concluído em, no máximo, três meses - , mas sim, com mudas. Neste último caso, o gramado ficaria pronto em seis meses. O Governo já deu um passo para tomar logo uma definição: acionou o Consórcio Odebrecht e outros fornecedores envolvidos na obra, pedindo um pronunciamento oficial para saber se uma nova mudança no cronograma é cabível. Se for, ótimo. Do contrário, o Estado fica fora. Mas sem cicatrizes. Afinal, o cronograma visando a Copa do Mundo está sendo colocado em prática. E com certa tranquilidade.

R E C O M E Ç A R E TransF O R M A R

Pois ser mestre é isso: ensinar a felicidade”  Rubens Alves Gestor(a) Vice Gestor(a), Secretário(a) Aux. de Secretaria Coordenador(a), Prof...